quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Ingressos da Copa de 2018 custarão 10 vezes mais que os do Brasil


Mundial da Rússia terá bilhete mais barato custando acima de 300 reais


A Fifa anunciou nesta terça-feira os preços dos ingressos para a Copa das Confederações de 2017 e para a Copa do Mundo de 2018, ambos sediados na Rússia. Os valores do Mundial são bem mais altos que o da última edição, em 2014, no Brasil. Há dois anos, o ingresso mais barato foi vendido a 30 reais. Na Rússia, os bilhetes da primeira fase custarão 105 dólares (cerca de 345 reais pela cotação atual).
Para a decisão em Moscou, os ingressos mais caros custarão 1.100 dólares (cerca de 3.600 reais). No Brasil, a entrada mais luxuosa foi vendida a 1.980 reais. A primeira leva de ingressos será destinada ao público local. Um lote de 350.000 entradas começará a ser vendida em 2017. A nova secretária-geral da Fifa, Fatma Samoura, garantiu que a entidade fez uma análise de mercado e concluiu que esses preços são “justos”.
Leia também:
No Brasil, a Fifa obteve uma receita de mais 550 milhões de dólares apenas com a venda oficial de entradas para os 64 jogos. Isso permitiu que a entidade terminasse o Mundial com uma receita recorde, de mais de 5 bilhões de dólares. No ano seguinte, porém, a entidade registrou seu primeiro déficit em mais de uma década diante dos custos com a contratação de advogados para cuidar dos escândalos de corrupção.
Confederações – A Fifa também divulgou nesta terça-feira os preços dos ingressos para a Copa das Confederações, que, pela primeira vez na história do torneio, não terá participação do Brasil. O bilhete mais barato sairá por 70 dólares (230 reais), preço estipulado para jogos da primeira fase e até para a decisão do terceiro lugar.
A entrada mais cara sairá por 245 dólares (806 reais), valor praticado apenas para a decisão da competição, que já seis seleções confirmadas: a anfitriã Rússia, a campeã mundial Alemanha, e as campeãs continentais Austrália, Chile, México e Nova Zelândia. Os outros representantes serão o vencedor desta Eurocopa (ou o vice-campeão se a Alemanha levar o título) e a seleção que faturar a Copa Africana de Nações de 2017.

sexta-feira, 6 de maio de 2016

Convocados para a Copa América, Hulk e Douglas Santos festejam; vídeo

Atacante do Zenit e lateral do Atlético-MG são os únicos paraibanos na lista de Dunga e mandam recado para a torcida da Paraíba. Ambos falam em título com a Amarelinha

Convocados pelo técnico Dunga para a disputa da Copa América Centenário, os paraibanos Hulk e Douglas Santos enviaram mensagens para os torcedores da Paraíba. Os dois estão na lista final de Dunga, que conta com os 23 convocados que disputarão a competição nos Estados Unidos, em junho.

Em seu vídeo, enviado para o público paraibano, Hulk disse estar entusiasmado por ser convocado para disputar a sua primeira Copa América. O atacante conquistou o título da Copa da Rússia pelo Zenit na última segunda-feira, inclusive marcando dois gols na goleada por 4 a 1 sobre o CSKA Moscou.
- Estou muito feliz por ser convocado mais uma vez para a seleção brasileira e é a minha primeira Copa América. Espero dar o meu melhor para ajudar a Seleção a ser campeã - disse Hulk no vídeo.
Douglas Santos; Atlético-MG (Foto: Eugenio Savio/AP)Douglas Santos conseguiu nessa quarta-feira, com Atlético-MG, a classificação para as quartas de final da Taça Libertadores da América (Foto: Eugenio Savio/AP)
Já o lateral-esquerdo Douglas Santos, do Atlético Mineiro, comemorou a convocação para a sua primeira competição com a seleção principal. Na noite dessa quarta-feira, ele entrou em campo com a camisa do Atlético-MG na vitória por 2 a 1 sobre o Racing, quando o Galo garantiu a classificação às quartas de final da Libertadores.
- Quero compartilhar com vocês a alegria de poder ser convocado para a seleção principal e ainda mais para uma competição importante como a Copa América. Espero, junto com o Hulk, trazer esse título para o Brasil - disse Douglas Santos.
A Copa América Centenário é uma edição especial, para celebrar os 100 anos da Confederação Sul-Americana de Futebol e será disputada nos Estados Unidos, de 3 a 26 de junho deste ano.
GloboEsporte
Postado por: Ygor I. Mendes

sábado, 27 de junho de 2015

Copa de 2018 Será na Rússia‎

  • Copa 2018 na Rússia: Veja as seleções, notícias, fotos, jogos e mais. Acompanhe o dia a dia das seleções e toda a cobertura desde as eliminatórias até a final ...
  • Uefa pode boicotar Copa do Mundo de 2018 - Terra Esportes

    esportes.terra.com.br › Esportes › Futebol › Copa 2018
  • 2 de jun de 2015 - A reeleição de Joseph Blatter mesmo após o maior escândalo da história do futebol de fato não foi bem digerida pela Uefa. E a entidade ...
  • Copa do Mundo FIFA de 2018 – Wikipédia, a enciclopédia ...

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Copa_do_Mundo_FIFA_de_2018
  • A Copa do Mundo FIFA de 2018 ou Campeonato Mundial de Futebol FIFA de 2018 será a 21.ª edição do campeonato, e terá como país-sede a Rússia.
  • Eleição da sede das Copas do Mundo FIFA de 2018 e 2022 ...

    https://pt.wikipedia.org/.../Eleição_da_sede_das_Copas_do_Mundo_FIF...
  • Líderes políticos da Austrália anunciaram que apoiariam uma proposta para o país abrigar a Copa do Mundo de 2018. A possibilidade de o país se candidatar ...

    • Resultado de imagem para copa 2018
    • Resultado de imagem para copa 2018
    • Resultado de imagem para copa 2018
    • Resultado de imagem para copa 2018
    Mais imagens para copa 2018

  • Missão Rússia: esboce a Seleção para a Copa 2018

    globoesporte.globo.com/futebol/selecao-brasileira/missao-russia.html
  • Na lista abaixo estão algumas sugestões escolhidas pela equipe do globoesporte.com e a idade que eles terão na próxima Copa. Escolha seus 23 preferidos e ...
  • Inglaterra abre lobby para sediar a Copa de 2018 | Brasil 24/7

    www.brasil247.com/.../Inglaterra-abre-lobby-para-sediar-a-Copa-de-201...
  • 3 de jun de 2015 - Queda de Sepp Blatter do comando da Fifa abre especulações sobre a realização ou não da Copa de 2018 na Rússia; após as prisões de ...

  • Notícias em destaque
  • Imagem para o resultado de notícias
    Para a seleção brasileira, ser despachada pelo Paraguai nas quartas de final não significa ...
  • Mais notícias sobre copa 2018

  • Conheça os estádios para Copa de 2018 - Galeria de Fotos ...

    www.foxsports.com.br/fotos/.../0-conheca-os-estadios-para-copa-de-201...
  • Conheça os estádios para Copa de 2018. Copa 2014 ... Rússia apresenta os 12 estádios escolhidos para sediar a Copa do Mundo de 2018. (Divulgação) ...
  • Fifa admite que Rússia e Catar podem perder Copas de ...

    zh.clicrbs.com.br/.../fifa-admite-que-russia-e-catar-podem-perder-copas-...

  • terça-feira, 11 de novembro de 2014

    Dunga faz novos testes contra a Turquia

    Dunga admitiu que, com Luiz Adriano, centroavante, a seleção muda seu estilo em relação às últimas atuações, quando Diego Tardelli atuou na equipe

    BERNARDO ITRI
    Da Folhapress – Estambul, Turquia
    Embora tenha fechado a maior parte do treino de ontem, Dunga confirmou a escalação da seleção que vai enfrentar a Turquia hoje, no estádio do Fenerbhaçe, às 20h30 local (16h30 de Brasília). O treinador colocou Diego Alves, do Valencia, como titular do gol, e Luiz Adriano, do Shakhtar, para atuar no ataque ao lado de Neymar.

    ESCALAÇÃO

    O time que entra em campo contra a Turquia será: Diego Alves, Danilo, Miranda, David Luiz e Filipe Luís; Luiz Gustavo, Fernandinho, Oscar e Willian; Neymar e Luiz Adriano.

    Dunga admitiu que, com Luiz Adriano, centroavante, a seleção muda seu estilo em relação às últimas atuações, quando Diego Tardelli atuou na equipe.

    "O time fica com uma característica diferente. Na sua equipe [Shakhtar], ele joga mais fixo. Ele tem que se adaptar a essa forma. É um modo de testarmos de jogar com um jogador mais centralizado. Mas no futebol de hoje o jogador tem que ter movimentação para não ficar fácil de ser marcado", argumentou Dunga em entrevista realizada no estádio do Fenerbahçe, local da partida de amanhã.

    COMPETITIVIDADE

    O técnico Dunga tem pregado a seus convocados uma competitividade interna por quem vai continuar na seleção. Ele passa aos atletas que há muita concorrência interna, dentro do próprio grupo de convocados, e fora, entre os atletas que desejam ser convocados para a seleção.

    "Todo mundo vai ter oportunidade. Ninguém vem garantido na seleção brasileira. Temos que criar essa competitividade internamente", afirmou Dunga em entrevista após último treino da seleção antes do jogo contra a Turquia, marcado para hoje.

    QUALIDADE

    "A gente ouve muito falar sobre a qualidade dos jogadores. Falamos para eles olharem ao seu lado: quantos jogadores estão aqui e quantos não estão querendo estar. Temos que criar essa competitividade interna sadia", completou o treinador.

    Dunga, desta vez, chamou 23 jogadores que atuam fora do Brasil. E diz que vai manter o radar ligado para as próximas convocações. "Vamos continuar observando. É bom sempre ter várias opções", argumentou.

    FEMININA

    O técnico da Seleção Brasileira feminina, Vadão, anunciou ontem a lista com as 20 convocadas para o amistosos contra a França, no dia 26, em Lyon. O confronto serve como preparação para o Torneio Internacional de Brasília, que acontece em dezembro.

    Como de costume, o principal nome da relação divulgada pelo treinador brasileiro foi o de Marta, que atua no FC Rosengard, da Suécia. Além da meia, dez jogadores que conquistaram a Copa América recentemente foram chamadas: a goleira Luciana, Fabiana, Tamires, Tayla, Mônica, Maurine, Thaisa, Andressinha, Raquel e Darlene.


    sábado, 8 de novembro de 2014

    Seminário de Proteção em Grandes Eventos

    Brasília – O Exército Brasileiro realizou, nos dias 29 e 30 de outubro, o Seminário de Proteção em Grandes Eventos. O objetivo foi aproximar o público especializado, a indústria de defesa e, em especial, as autoridades militares britânicas e brasileiras. Durante os dois dias, ocorreu o intercâmbio de experiências na proteção em grandes eventos – Jogos Olímpicos de Londres 2012, Copa das Confederações 2013 e Copa do Mundo 2014 – visando à preparação para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016.
    A abertura do evento foi realizada pelo Comandante do Exército, General de Exército Enzo Martins Peri, e prestigiada pelo Embaixador do Reino Unido, Sr Alex Ellis, integrantes do Alto-Comando do Exército, oficiais-generais da Guarnição de Brasília, convidados civis e militares.
    Além do intercâmbio do tema, simultaneamente ao seminário, ocorreu uma feira de materiais de defesa com a participação de 46 empresas americanas, brasileiras e britânicas, com equipamentos que poderão ser utilizados pelas Forças Armadas brasileiras e órgãos de segurança pública do País durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

    FONTE: NOTICIÁRIO DO EXÉRCITO ;

    domingo, 13 de julho de 2014

    Alemanha vence o quarto título mundial e se iguala à Itália






    Mario Götze marca no fim e equipe de Joachim Löw chega ao tetracampeonato, atrás apenas da Seleção Brasileira
    Com a vitória alemã sobre a Argentina, por 1 a 0, gol marcado na prorrogação por Mario Götze, de 22 anos, a Alemanha chegou ao tetracampeonato e se igualou à Itália como a segunda maior vencedora em Copas. O primeiro lugar segue com o Brasil, que em 2002 colocou a quinta estrela na camisa.

    Algumas curiosidades envolvem o título alemão. A principal delas deixa a estatística de lado e tem um quê de superstição. As três seleções que conquistaram quatro títulos mundiais o fizeram exatamente 24 anos depois do tricampeonato, Brasil, em 70 e 94, Itália, em 82 e 2006 e Alemanha, em 90 e 2014.

    Além disso, é o primeiro tetracampeonato conquistado sem pênaltis, já que Brasil e Itália chegaram a tal feito, nos pênaltis, em 1994 e 2006, respectivamente. Também, esta, foi a primeira vez pela primeira vez que uma Copa realizada na América teve como campeão uma seleção europeia.

    Nas sete edições anteriores realizadas no continente, o Uruguai venceu em 1930 (no Uruguai) e em 1950 (no Brasil), o Brasil em 1962 (no Chile), 1970 (no México) e 1994 (nos Estados Unidos), e a a Argentina em 1978 (na Argentina) e em 1986 (no México).

    Até a Copa de 2010, quando a Espanha venceu na África do Sul, os europeus nunca haviam vencido fora da Europa também.

    Lista dos títulos em Copas do Mundo:

    Brasil - 5 títulos
    Itália e Alemanha - 4 títulos
    Argentina e Uruguai - 2 títulos
    França, Inglaterra e Espanha - 1 título

    Relacionados